Minha viagem para Nigéria - Crianças-Bruxas e a Internet!

Minha Viagem para Nigéria – Crianças Bruxas e a Internet!

Casa barco do Adailton Cesar.
A Minha Casa Barco – Conheça essa História e Reflita!
06/07/2017
o livro que poderia ter mudado a minha vida. Adailton César
O Livro de Marketing que mudou minha vida para Sempre
06/07/2017

Esse na foto sou eu na Nigéria (de costas!), no início de uma pregação do Evangelho em uma praça, para falar sobre o que o Evangelho ensina sobre as crianças. Um lugar completamente novo pra mim, em uma situação extremamente difícil.

 

Era 2008 e eu morava em São Paulo. Já estava trabalhando pela internet há algum tempo, vendendo minhas planilhas de controle financeiro e outros produtos.

 

Numa determinada manhã, recebi um telefonema do Pr. Caio Fábio me convidando para fazer parte de um grupo que ele estava organizando para ir à Nigéria pregar o Evangelho.

 

A Nigéria estava passando por uma situação em que crianças estavam sendo abandonadas por seus pais e mortas por serem consideradas “bruxas” por seus líderes religiosos. Era possível pagar as igrejas para “desbruxificar” as crianças, mas custava caro e a maioria dos pais preferia simplesmente abandonar os próprios filhos.

 

Obviamente que eu queria aceitar o convite, mas o problema era o meu trabalho. Será que haveria internet lá? Será que eu conseguiria conciliar o trabalho missionário com meu trabalho online? Afinal, o projeto duraria 20 dias e precisava sustentar minha família que permaneceria no Brasil.

 

Naquele ponto, a necessidade das crianças nigerianas e o amor pela pregação do Evangelho não deixaram eu ter dúvida: decidi ir à Nigéria com aquele grupo pregar o Evangelho.

 

Enfrentamos 20 dias muito difíceis, de luta espiritual intensa, além de problemas sérios com a alimentação nigeriana; o povo era muito amável, mas seus costumes muito estranhos a nós. Fiquei muito doente.

 

E o problema das “crianças-bruxas” nos afligia demasiadamente. Vimos crianças acorrentadas em colunas; enfrentamos represália de líderes políticos e religiosos que consideravam aqueles atos normais e eram contra a nossa intervenção.

 

No final de tudo, convidamos a população para uma concentração em uma praça da cidade. Cerca de 700 pessoas estiveram presentes e eu preguei sobre o amor incondicional de Jesus pelas crianças e como era incoerente com o Evangelho considerá-las bruxas.

 

Foi um noite para não sair mais da memória; na verdade, foram vários dias para não sair mais da memória. Dali, nasceria um movimento de acolhimento e proteção de crianças abandonadas nas ruas da Nigéria que dura até hoje.

 

E o meu trabalho? Ah, sim… todas as noites eu conseguia uns 15 minutos de internet muito, muito ruim, mas que era o suficiente para eu fazer a publicidade dos meus negócios que já funcionava no piloto automático. Feito isso, enquanto eu pregava nas ruas, o computador trabalhava para mim.

 

Assim eu pude manter o sustento da minha família enquanto seguia minha vocação pelas ruas caóticas da Nigéria.

 

Eu creio que viver sua vocação é a coisa mais importante que um ser humano pode fazer, e o trabalho pela internet facilita conseguir isso. É só uma questão de ter coragem e aproveitar as inúmeras possibilidades de trabalho que a internet providência.

 

Pensando nisso, eu escrevi um livro digital gratuito chamado “12 Maneiras De Se Trabalhar Em Casa Pela Internet“; é só se inscrever no formulário abaixo com seu nome e e-mail para fazer o download. 

 

Espero que este e-book te ajude a encontre uma maneira para poder fazer negócios na internet, liberando tempo para cumprir sua missão de vida, seja ela qual for!

 

Leia também o nosso outro post, onde damos algumas dicas úteis de negócios que você pode começar em casa.

Adailton César
Adailton César
Pastor por formação e vocação, começou a trabalhar pela internet em 2007 para manter seu ministério. Hoje, é CEO da Gama System Soluções Online e mentor do Início Avançado Digital, que transforma a vida de mais de três mil alunos ao redor do mundo, além de viajar o Brasil para pregações e palestras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *