Trabalhar na Internet - Conheça 27 Opções Lucrativos em 2018

Trabalhar na Internet – Conheça 27 Opções Lucrativos em 2018

seo-search engine optimization-
SEO: Entenda o que é Search Engine Optimization e Aproveite
12/08/2017
erros para evitar em negócios online
5 Erros em Negócios Online que Você Pode Evitar e Não se Prejudicar
14/08/2017

 

Trabalhar na internet é com certeza o sonho de muitos e realidade de “poucos” no Brasil.

 

Digo isso porque, infelizmente, algumas pessoas ainda não tiveram acesso às informações certas, e outras não acreditam nas oportunidades de negócios que surgem com a evolução da internet.

 

Mas existem alguns como você, que quer saber mais sobre o assunto e chegou até aqui! 🙂

 

Então, se você é uma dessas pessoas que está procurando se informar e conhecer oportunidades detrabalho na internet, me acompanhe neste artigo porque vou te mostrar 27 formas disponíveis.

 

Saiba, que hoje em dia, é possível começar negócios usando a internet pela facilidade de acesso a informações e ferramentas que você precisa para começar trabalhar.

 

Veja um exemplo simples:

 

Você pode começar um negócio usando um canal no Youtube como o do Início Avançado Digital ou uma Fanpage no Facebook pra fazer indicações de cursos, ebooks ou até softwares de empresas que você se torna parceiro.

 

Isso, direto da sua casa ou de qualquer outro lugar com acesso a internet.

 

Além de trabalhar com e-books, cursos e softwares, que são todos produtos digitais, existe a possibilidade de trabalhar com vendas físicas sem precisar de estoque ou qualquer tipo de investimentos inicial para ambos os produtos.

 

Não é preciso que você tenha um produto próprio para iniciar, pois é possível começar a trabalhar na internet sendo afiliado de diversos produtos gratuitamente.

 

Sem precisar de empresa registrada, ou qualquer tipo de investimento ou compromisso, apenas o seu nome e email.

 

Então, se você está pensando em trabalhar pela internet ou de qualquer outro lugar do mundo, leia esse artigo, porque é possível começar hoje! E eu vou te mostrar as possibilidades e o caminho certo.

 

Logo abaixo, você terá acesso às informações de 32 formas de se trabalhar na internet. E e então, poder avaliar se alguma dessas áreas é uma boa oportunidade pra você, ok?

 

Veja quais são:

Conclusão

 

Como trabalhar na internet com produtos digitais e físicos

 

Através das possibilidades que eu vou te mostrar agora você poderá usar produtos digitais ou físicos de diversas empresas que disponibilizam o acesso a eles e usar ferramentas eficientes para realizar o trabalho na internet.

 

Conheça três plataformas de produtos digitais para caso tenha interesse em começar por eles. São elas: Hotmart, Eduzz e Monetizze. Essas são grandes empresas que você pode se cadastrar e afiliar-se a produtos digitais gratuitamente.

 

E para produtos físicos, você pode conhecer a lomadee e awin que são ótimas plataformas.

 

Agora conheça as formas que você pode utilizar para divulgar esses produtos. Bora lá!

 

1. Blog

 

 

como-ganhar-dinheiro-extra-blog

 

 

Imagine quantos artigos um blog que fala sobre saúde poderia disponibilizar na internet?

 

Milhares não é mesmo?

 

Agora, imagine se você construir um site ou blog, e aprende colocar seus artigos na primeira página do Google?

 

Você receberia milhares de visualizações e seu negócio poderia render dinheiro para você.

 

Um blog pode ser usado para vários tipos de estratégias e os resultados que se pode alcançar são inimagináveis.

 

Tendo um blog, uma pessoa ou empresa pode alavancar seus resultados de acordo com seus objetivos. Seja lá qual for ele.

 

Seguindo as técnicas certas de SEO e dando continuação ao trabalho com o apoio de conteúdos de qualidade para os pesquisadores e leitores que acompanham o blog, os resultados podem e tendem a ser incríveis em curto, médio ou longo prazo, dependendo do mercado que você atuar.

 

Muitas pessoas já vivem exclusivamente de blog e ganham dinheiro na internet dessa forma.

 

Para os empreendedores digitais, um blog pode ser usado para muitas coisas, como por exemplo, conseguir mais tráfego em sua página de vendas, site, conseguir mais leads (contatos de email), mais venda de produtos que é afiliado, e por aí vai!

 

2. Youtube

YouTube_logo

 

 

Trabalhar na internet através do Youtube é uma ótima opção e também uma das mais viáveis hoje em dia, já que o Youtube é o segundo maior buscador do mundo, perdendo apenas para o Google, que por sinal são da mesma empresa, a Google Inc.

 

Então, usar o Youtube para começar a divulgar produtos se tornou uma ótima opção para quem quer começar.

 

Recentemente algumas atualizações no Youtube impedem que canais com menos de 10 Mil visualizações sejam monetizados pelo Youtube.

 

Mas isso não é um problema para quem trabalha como afiliado de produtos digitais ou físicos, pois não foram atingidos.

 

3. Oportunidades nas Redes Sociais

 

redes sociais

 

As redes sociais chegaram pra ficar e isso não deixa nem uma sombra dúvida não é mesmo?

 

Muitas pessoas hoje em dia estão trabalhando na internet utilizando as redes sociais.

 

Pois, você pode começar indicando produtos em grupos do Facebook que se encaixam com o público que você quer atingir e para os seus contatos atuais.

 

Pode também criar uma página no Facebook para distribuir informações a respeito do seu negócio, adicionar pessoas nela ou fazer campanhas com ofertas.

 

Caso decida investir em redes sociais para trabalhar na internet sendo um afiliado de produtos digitais, é importante estudar sobre o assunto para realizar um trabalho profissional e ético.

 

As redes sociais ultimamente estão tomadas por pessoas mal intencionadas que fazem um péssimo trabalho divulgando produtos que não ajudam em nada prejudicando todo o trabalho dos Produtores.

 

Por isso, é fundamental estudar sobre o assunto e fazer um trabalho profissional, ajudando o produtor e também para que você consiga ter resultados.

 

4. Anúncios em mecanismos de busca?

 

 

Os mecanismo de busca desde que chegaram na na internet só estão somando e isso é uma maravilha para nós empreendedores digitais.

 

Existem muitas formas de trabalhar pela internet criando anúncios nos mecanismos de busca como o Google, por exemplo.

 

Vou comentar exclusivamente a respeito de uma técnica.

 

A divulgação de links de produtos digitais direcionados para página de vendas do produtor.

 

Muitas pessoas costumavam falar que esse tipo de opção é inviável pelo fato de os mecanismo de busca bloquearem esse tipo de anúncio, mas isso não é bem assim.

 

Criar anúncio nos buscadores e direcionar para a página de vendas não confiáveis que não se encaixando com as regras estabelecida pelos sites de busca, são bloqueados sim.

 

Para resolver esse problema é simples, basta não divulgar páginas que não são confiáveis, sem conteúdo, com imagens ruins e com banners em excesso.

 

Algumas pessoas falam que o Google pode até excluir sua conta permanentemente e isso também é outra história mal contada.

 

Se você hoje gastar mais de 100,00 reais com anúncios ou menos, a manhã o Google te liga! Pode botar fé.

 

A intenção número um de um profissional do Google quando te liga nesses casos, é para poder te ajudar com dúvidas e objetivos. Então, fica fácil resolver qualquer problema.

 

5. Trabalhar na internet com listas de e-mail.

 

lista-de-email-segmentada

 

O e-mail continua sendo uma das melhores formas de se entrar em contato direto com as pessoas para poder iniciar um relacionamento.

 

Essa é uma das técnicas mais valiosas para realizar vendas que as pessoas que trabalham na internet utilizam.

 

Sabe porque? Pelo simples fato de você ter uma lista de e-mail que é sua! Que você pode se relacionar com a pessoa e no futuro realizar uma venda.

 

Veja como você pode trabalhar na internet com listas de email sem ter um blog ou site para conseguir contatos.

 

Você pode começar configurando um ferramenta de email marketing em uma página de captura, e usar os recursos que a internet oferece para divulgar essa página como, por exemplo, o anúncio pago que citei ainda há pouco.

 

Um sistema de email marketing eficiente pra você começar usar sem pagar nada até atingir o limite de contatos disponível é o e-goi.

 

O limite é de 5 mil contatos, mas creio eu que se você conseguir 5 mil contatos em sua lista o lucro já vai estar aparecendo, não é mesmo? 😉

 

Com o e-goi, você também pode criar ótimas páginas de capturas. Tá aí mais uma boa oportunidade!

 

Se você estiver começando, aconselho você iniciar seus trabalhos com o Bing Ads, resgatando um cupom de 130,00$ para fazer anúncios na plataforma de pesquisas.

 

Resgatando esse cupom você pode realizar testes e depois de acordo com seus resultados passar para o Google Ads, onde o tráfego de pesquisa é muito maior.

 

Outra forma de divulgar uma página de captura é usando as redes sociais para fazer isso, pois elas trazem ótimos leads.

 

Agora recapitulando.

Sistema de email marketing, grátis!

Criação de páginas de captura, grátis!

Cupom de anúncio em site de pesquisa, grátis!

Afiliação em plataformas de produtos digitais, grátis!

 

Será que não é uma oportunidade de você conseguir seus primeiros leads (contatos)? 😉

 

OBS: É importante você respeitar a sua lista de email, saber o melhor horário para enviar uma mensagem, como escrever de uma maneira que o contato vá gosta e o mais importante, não comprar uma lista.

 

6. Trabalhar na Internet com a Venda de Produtos em Loja Online (e-commerce)

 

Montar um e-commerce hoje em dia pra vender produtos é uma forma muito utilizada por pessoas que trabalham na internet.

 

Muitas coisas podem ser vendidas com um e-commerce como por exemplo: roupas, calçados, bonés, canecas, relógios e etc…

 

Existem pessoas que importam produtos a preços acessíveis e revendem aqui no Brasil através de e-commerces.

 

São muitos os produtos e você pode usar das diversas e diversas técnicas para alavancar seu e-commerce e faturar uma boa grana.

 

É portante lembrar que é sempre bom ter um dinheiro para se iniciar e fazer investimentos nas ferramentas e ações certas para atingir resultados com o e-commerce.

 

Mas fique tranquilo, não é muito dinheiro.

 

No caso do e-commerce, Investir em um bom domínio, uma hospedagem e em uma boa plataforma de loja virtual as vezes não chega nem aos 200,00$ reais

 

7. Sites para vendas de produtos físicos.

 

Existe também a opção de se vender produtos físicos em plataformas como Mercado Livre e OLX que são ótimas fonte de possíveis clientes. Nesse caso você pode ter produto próprio ou não… vou falar um pouco mais sobre isso em algumas linhas.

 

Se você tem interesse em começar vender produtos através de um e-commerce, aconselho firmemente começar vendendo pelo Mercado Livre para testar a demanda e ver se um e-commerce será viável.

 

Essas plataformas não cobram dinheiro para você se cadastrar e vender seus produtos, a não ser uma pequena taxa quando é realizada uma venda.

 

E caso você queira fazer um upgrade para conseguir mais visualizações nos seus produtos dentro da plataforma também é possível.

 

Dica: caso você não queira ou não possa pagar para ter mais visualizações dentro de da sua loja no mercado livre ou OLX você pode usar a força das redes sociais, youtube e fóruns para começar alavancar suas vendas.

 

8. Venda de Produtos Por DropShipping

 

DropShipping, para quem ainda não conhece, é basicamente um modelo de negócios adotado geralmente em e-commerces e também por empreendedores individuais em marketplaces (Mercado Livre, por exemplo).

 

É um processo bastante simples: o vendedor disponibiliza em seu site ou em algum canal de vendas um determinado produto, que quando comprado pelo seu cliente, faz o pedido do produto ao seu fornecedor, que fará o envio diretamente para a casa do seu cliente.

 

Essa é uma boa opção para quem quer começar vender algum tipo de produto através dessas plataformas e ainda não tem produto próprio.

 

9. Sites de Leilão e Classificados

 

Leilões sempre chamaram a atenção dos consumidores, uma vez que é possível adquirir produtos caros por valores bem abaixo do mercado.

 

Quem nunca quis fechar um “negócio da China” e comprar algo realmente bom por preço de banana?

 

Esses produtos variam de televisores a carros e imóveis.

 

Com a popularização da internet e a evolução da tecnologia, a compra e venda de produtos por meio de lances ganhou versões virtuais, nas quais os interessados não precisam estar fisicamente presentes para arrematar uma mercadoria.

 

Com a chegada dos leilões à rede mundial dos computadores, uma nova categoria dessa atividade foi criada, o chamado leilão de um centavo.

 

A ideia é praticamente a mesma: os usuários dão lances, a disputa pelo produto é grande, apenas um leva a mercadoria. Mas, como dito, a ideia é quase a mesma.

 

Porque não é só quem dá o maior lance, mas sim quem dá o último!

 

Conheça alguns sites de leilões.

 

Superbid

Pioneira em leilões online no Brasil, oferta no mercado uma grande quantidade de máquinas pesadas, equipamentos industriais, máquinas operatrizes, frota de caminhões e veículos, tratores, implementos agrícolas, mobiliário, informática, imóveis e etc…

 

Vizeu.com.br

Washington Vizeu, Leiloeiro Oficial, possui experiência de mais de 20 anos no mercado, com conhecimento e estrutura montada na guarda de bens, administração de depósitos, organização e venda através de Leilões Públicos de: Imóveis, veículos, máquinas, móveis e embarcações.

 

Milanleiloes.com.br

Uma das maiores e mais conhecidas empresas de leilão de São Paulo, com uma grande infraestrutura a Milan Leilões negocia centenas de lotes de imóveis e veículos todos os meses.

 

10 – Conheça os Minisites de nicho

 

Provavelmente navegando na internet você já tenha entrado em algum site onde existia uma ou duas páginas apresentando alguma solução para um determinado problema e logo abaixo com algumas informações um botão de “compre agora”, não é verdade?

 

Os minisites começaram a aparecer junto com a popularização da Internet na década de noventa ainda quando era chamada de Word Wide Web.

 

O minisite era muito usado para vender produtos físicos por grandes empresas e depois com a expansão da internet essa ferramenta de vendas começou ser usada para vender produtos digitais também.

 

Muitas empresas já usaram esse tipo de estratégia para expandir seus negócios, como por exemplo, a Fortune 500.

 

Esse modelo de negócio é conhecido pela suas altas taxas de conversões e por esse motivos são fortemente usadas como ferramenta de marketing digital.

 

Minisite é um site pelo qual empresas oferecem informações sobre um produto ou grupo de produtos específico. Normalmente, um minisite é reforçado por vários conteúdos multimídia, como uma introdução animada, narrada, e acompanhado por um esquema visual que complementa o produto.

 

Veja algumas coisas que você tem que fazer para ter um minisite eficiente.

 

  • Cabeçalho
  • Logo
  • Página de Contato
  • Imagens Otimizadas
  • Palavras chaves
  • Links
  • Escrita personalizada para o um público específico.
  • Abordar um problema de um pesquisador.
  • Fornecer uma solução
  • Envolver técnicas de gatilhos mentais, como: escassez e prova social.
  • Inserir garantias, testemunhos e botões com chamadas para ação, o famoso CTA (call to action)

 

A construção de um minisite exige algumas técnicas e ferramentas que devem ser usadas com as informações certas para alcançar resultados.

 

Mas calma! Construir um minisite não é tão difícil, só exige conhecimento e trabalho.

 

11. Trabalhar na internet criando Softwares

 

Com o crescimento da internet, muitas empresas começaram a surgir, e durante esse surgimento, softwares foram criados em grande escala para suprir as necessidades de vários usuários na web.

 

E isso não para de acontecer até hoje. Então, se você tem interesse em aprender sobre softwares para criar um produto próprio ou trabalhar de freelancer para as empresas, não tenha dúvida, pois é um ótimo trabalho.

 

Trabalhar na internet sendo um Freelancer

 

Apesar de esse tipo de trabalho só se popularizar de vez nas últimas décadas, a palavra “freelance” existe desde o século XIX. A origem do termo é geralmente atribuída a Sir Walter Scott, que a usou no livro Invanhoé lá em 1819, em um trecho em que um dos personagens oferece a outro seu serviço de “lanceiros livres” — ou, no original em inglês, “free lances”.

 

Nos dias de hoje, freelancer designa o profissional que trabalha por conta própria, prestando serviços para empresas ou pessoas físicas de maneira autônoma.

 

Em vez dos lanceiros da idade média, hoje podemos encontrar como freelancers profissionais como designers, redatores, fotógrafos, programadores, SEO’s, músicos, entre vários outros.

 

Essa é uma excelente opção para quem está com dificuldade para encontrar emprego e quer se recolocar no mercado, seja por conta da crise ou por um desejo de mudar de área.

 

O que é necessário para ser um freelancer?

 

Em primeiro lugar, é fundamental ser uma pessoa com força de vontade e bastante organizada.

 

Como autônomo, você será responsável por tudo o que está relacionado à sua vida profissional: as tarefas a cumprir, os prazos de cada uma delas, a comunicação com o cliente, a precificação dos seus serviços, além garantir que os pagamentos estejam em ordem.

 

Por isso, se você não tiver o hábito de manter tudo organizado, vai ser muito fácil se perder e prejudicar sua imagem no mercado.

 

Vamos conhecer conhecer as opções de trabalhos na internet para freelancer.

 

12. Já ouviu falar em Secretárias Virtuais?

 

A proposta da Secretária Virtual é oferecer em forma de prestação de serviço, colaboradores virtuais e remotos (atendimento virtual), a fim de suprir deficiência ou até mesmo substituir departamentos de atendimento.

 

A Secretariavirtual uma empresa que oferece esse tipo de serviço, por exemplo.

 

13. Coach

 

Coach é o profissional especializado no processo de Coaching. Pode ser considerado um treinador que assessora o cliente, levando-o a refletir, chegar a conclusões, definir ações e, principalmente, agir em direção a seus objetivos, metas e desejos.

 

Tudo com a intenção de colocar o cliente em um outro nível seja pessoal ou profissional.

 

Hoje no mercado existem diversos coaches fazendo um ótimo trabalho e ganhando muito bem por isso.

 

Para se tornar um coach é importante ter em mente que a vontade de crescer, superar barreiras e ajudar pessoas é o que vai fazer você se destacar nesse mercado.

 

14. Redator

 

O Redator é o profissional responsável por atuar com a produção de textos e materiais publicitários, realizando o controle de processos da área.

 

Um Redator acompanha as rotinas dos colaboradores, coordenando toda a ação da comunicação.

 

Está sob as responsabilidades de um Redator elaborar textos e títulos, pesquisar informações para elaboração de artigos abordando assuntos da atualidade, elaborar o planejamento criativo do projeto, criar o tema, elaborar a sinopse e o roteiro de vídeo, redigir o texto orientado para o público, criar slogans, campanhas, títulos para anúncios, chamadas para e-mails, entre outras frases de impacto.

 

Para que o profissional tenha um bom desempenho como Redator é essencial que possua boa redação e conhecimento na área de comunicação.

 

Existem vários sites que você pode se cadastrar gratuitamente para começar a vender seus serviços de redator caso tenha conhecimento nessa área.

 

Site como o Workana por exemplo, um dos melhores que eu já vi até hoje.

 

Temos um vídeo falando sobre isso, para assitir clique aqui.

 

15. Copywriting

 

Copywriting é um profissional que é especializado em escrever cartas de vendas. Alguns chamam de Redator Publicitário.

A carta de vendas (mesmo que o objetivo da comunicação não seja vender), é o produto final de uma análise estratégica de negócios.

O copywriter deve conhecer o ambiente do mundo de negócios, além das técnicas de escrita.

O copywriter precisa ser um vendedor na vida real.

 

O que um copywriter pode fazer?

 

Para começar, a tarefa básica de um copywriter é escrever.

Essa escrita contempla vários aspectos de toda a comunicação com seu cliente. Perceba que é mais do que apenas criar um anúncio, é mais do que criar uma carta de vendas.

Para uma comunicação efetiva, você precisa compreender todos os pontos de contato que seu cliente terá. Existem copywriters especializados em cada um desses pontos, porém, o fundamento é o mesmo.

Atualmente, a maioria dos profissionais que fazem esse trabalho tem se especializado nas mídias digitais, então lembre de verificar a experiência e a especialidade de quem você está avaliando.

 

16. Analista de SEO

 

O Analista de SEO é o responsável por otimizar páginas de sites e blog para que possam ficar posicionadas nas primeiras páginas dos mecanismos de busca.

 

A busca orgânica (gratuita) é o foco do Analista de SEO, e para ter bons resultados com esse tipo de trabalho é preciso que a pessoa entenda sobre criação de sites, escrita, regras dos mecanismos de busca e esteja sempre se atualizando.

 

17. Analista de Mídias Sociais?

 

Um analista de redes sociais elabora textos, ajuda a disseminar o conteúdo em comunidades e blogs relevantes que estejam de acordo com o seu público alvo.

 

Interage com participantes nos diferentes pontos de contato, mantém a comunicação com os principais multiplicadores em redes sociais (líderes em comunidades e blogueiros), acompanha a presença nas redes sociais (quantitativa e qualitativa), identifica o crescimento da presença online, gera relatórios de desempenho de campanha e garante o fluxo de informações entre agência, cliente e redes sociais.

 

18. Gerente de Marketing Digital

 

Um gerente de marketing digital implanta e faz a gestão da estratégia digital, atua com prospecção de leads e vendas, faz análise de mercados e tendências, realiza o suporte consultivo gerencial, identifica as novas oportunidades de produtos, serviços, informações e soluções através do digital.

 

Normalmente um gerente de marketing digital trabalha em conjunto com o profissional de marketing em uma empresa comum dividindo diversas estratégias de trabalho.

 

19. Programador

 

Um programador é responsável por seguir especificações para o desenvolvimento de partes de um produto de software, ou até mesmo, o software completo.

 

Muitas vezes o programador trabalha em equipe com outros programadores e profissionais de TI. Ele deve estar apto a ler documentações de software e criar registros de mudanças num software (o que é chamado de log).

 

A profissão pode ser dividida em quatro categorias primárias:

 

Programador Desktop, que programa aplicações ou sistemas para ambiente local, ou seja, programas que vão funcionar em um computador ou numa rede de computadores, dentro de um sistema operacional como Windows, Linux ou MAC.

 

Programador Web é profissional responsável por programar sites ou sistemas web. Os websites são caracterizados por funcionarem na rede mundial da internet e serem acessíveis de qualquer lugar.

 

Tem também o programador Mobile e programador de Jogos, todos obtendo ótimo crescimento.

 

20. Web Design

 

Esta profissão respeitada e em grande ascensão, envolve a criação de layouts, banners, projetos, scripts e melhoramento da estrutura dos sites.

 

Os softwares mais utilizados pelos webdesigners são o Adobe Photoshop, CorelDraw, Fireworks e Illustrator para geração de imagens; Adobe Dreamweaver para trabalho com CSS e linguagens de marcação.

 

21. Ilustrador

 

Nessa profissão, que exige bastante estudo, o profissional da área ilustra, vetoriza, diagrama e trata imagens. Atua com desenhos manuais, cria, elabora e manipula imagens.

 

22. Animador

 

Certamente você já assistiu Toy Story, Os Incríveis, Megamente, ou qualquer outra animação da Disney, ou da Pixar, e também já teve ter jogado (ou visto alguém jogar) jogos como World of War Craft, League of Legends, Counter Strike e Minecraft.

 

O que todos eles têm em comum? Um artista 3D!

 

Existe uma infinidade de trabalhos que um artista 3D pode desenvolver.

 

Eles atuam criando comerciais para tv (sabe o ursinho da Cola-Cola? Foi criado por um artista 3D), flyers e anúncios publicitários, assim como animações e jogos.

 

Essa profissão exige muito esforço, trabalho e também muito estudo de anatomia a princípio, mas é extremamente recompensadora.

 

23. Tradutor

 

Uma pessoa com um bom conhecimento em línguas pode trabalhar como tradutor em diversas empresas e traduções de textos como freelancers.

 

Existem muitas empresas crescendo na internet e a necessidade de um tradutor profissional para auxiliá-los é muito importante e trabalho flua corretamente.

 

24. Fotógrafo

 

Você tem fotos lindas armazenadas no seu computador?

 

Que tal começar a vender elas na internet?

 

A venda de fotografia na internet está em alta e só tende a aumentar!

 

Muitos trabalhos na internet exigem imagens de qualidades em seus projetos e como pegar imagens no Google é proibido, os empreendedores estão cada vez mais optando por comprar fotos.

 

Conheça alguns sites que você pode colocar suas fotos para vender.

 

www.istockphoto.com Um dos melhores hoje no mercado.

 

www.epics.com.br Uma ótima opção também.

 

Fora os contatos!

 

Fazendo contatos com blogs e produtores de cursos e conteúdos, muitas imagens podem ser vendidas para esses profissionais e se você é um profissional nessa área, aí está uma boa oportunidade.

 

25. Desenvolvedor de Apps

 

Criar um aplicativo e ganhar milhões não é uma tarefa fácil, mas é possível que aconteça.

 

Aprender a criar um aplicativo pode ser uma ótima opção para começar a ganhar dinheiro trabalhando na internet.

 

Mas é importante ter em mente que esse é um “jogo” de campeões e que se deve pensar a longo prazo para realmente ter resultados.

 

um Desenvolvedor de aplicativos pode faturar mais de 20 mil reais por mês caso seja contratado por uma grande empresa e isso é um fator que ajuda várias pessoas a pensar no assunto.

 

Mas não é o fator mais importante.

 

Gostar do que vai fazer é muito mais importante do que o salário, porque passar longas horas em frente a um computador estudando e criando não é pra qualquer um. Então, é bom pensar bem!

 

26. Revisão e Consultoria em Elaboração de Monografias

 

Você tem grande conhecimento e formação em uma área específica e quer trabalhar ajudando pessoas em durante os TCCs?

 

Essa pode ser uma ótima opção de negócio e já existe empresas gerando um ótimo dinheiro na internet dessa forma.

 

Mas é importante lembrar que esses trabalhos devem ser feitos com ética e de maneira profissional.

 

27. Dando Aulas Particulares de Línguas

 

Se você é um especialista em línguas e deseja ganhar um dinheiro trabalhando pela internet, fique sabendo que você pode estar diante de uma mina de ouro.

 

E as redes sociais como Facebook e Youtube podem te ajudar a conseguir ótimos clientes!

 

Mas essa não é a melhor forma de você ganhar um bom dinheiro na internet com sua profissão ou seu conhecimento, e sim criando um curso automatizado. 😉

 

Preciso montar uma empresa para trabalhar na internet?

 

Inicialmente você não precisa ter uma empresa registrada para começar trabalhar na internet, mas algumas coisas devem ser levadas a sério, como, por exemplo, o pagamento da sua taxa como autônomo durante essa caminhada.

 

E depois que o seu negócio começar a crescer, é importante que você tome as melhores decisões possíveis e registrar uma empresa pode ser uma delas.

 

Para abrir uma empresa hoje em dia é tudo muito simples, basta você ir até o Sebrae mais próximo da sua casa e iniciar a abertura de uma MEI. Você não vai pagar nada para registrar, apenas uma taxa anual.

 

Conclusão

 

Você viu que existem várias e várias opções de trabalhos que podem ser feito a partir da internet e ganhar um ótimo dinheiro com isso,certo?

 

Caso você se identifique com alguma dessas opções e resolva começar investir tempo e dinheiro na internet, é importante que você se mantenha estudando e focado para poder ter resultados, ok?

 

Ficar mudando a toda hora de estratégias e produtos vai fazer você andar em círculos e por causa disso não conseguir crescer.

 

Comente aí abaixo qual dessas opções te chamou mais atenção ou caso eu tenha esquecido alguma forma de trabalhar na internet, ficarei muito grato com a sua ajuda.

 

Um forte Abraço!

Inicio Avançado Digital
Inicio Avançado Digital
O Início Avançado Digital, conhecido também como IAD, ajuda pessoas que querem iniciar um negócio na internet com custo baixo de forma prática, segura e profissional, para que assim, tenham mais tempo para se dedicar ao que realmente gostam de fazer com tranquilidade e podendo ficar próximo das pessoas que ama.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *